Estética

Odontologia Infantil

voltar Lista

Primeira consulta de meu filho no dentista. Como agir?

Postado por Ricardo Toscano em 18/12/2012 16:17:00

ORIENTAÇÃO AOS PAIS E ACOMPANHANTES: 

 

Para conseguirmos êxito no tratamento de seu filho, é essencial a cooperação da criança e dos pais.

Os pais, a criança e o dentista devem trabalhar juntos e em harmonia.

 

As orientações a seguir são muito importantes :

 

1-       Nunca engane a criança. Diga que ela está indo ao dentista e este é uma pessoa que lhe quer como amigo. Explique que o dentista é como o médico ou a professora, que são pessoas, que se preocupam com sua saúde física e mental.

 2-       Não se inquiete se seu filho chorar na primeira consulta. O choro é uma forma normal de a criança expressar seus sentimentos diante de situações desconhecidas ou temidas. Trataremos naturalmente até que seu filho perca estes sentimentos.

 3-       Se você prometer-lhe um presente para melhorar a sua conduta, não inclua o dentista nestas promessas. Seria prejudicial para o bom andamento dos serviços.

 4-       Deixe a criança expressar a sua curiosidade por tudo o que houver no consultório. O dentista terá o maior prazer em explicar as suas dúvidas, mas somente ele deverá prestar tais esclarecimentos.

 5-       Controle os seus temores. Evite na presença de seu filho relatar fatos desagradáveis ou experiências anteriores no consultório odontológico. Os comentários dos pais devem ser sempre positivos, isto é, amplificando os ganhos que a criança receberá com o tratamento.

 6-       A melhor situação no tratamento se alcança quando a criança fica sozinha no consultório, isto conseguiremos aos poucos. Ajude-nos com as suas atitudes e confie no profissional, ele quer o melhor para o seu filho.

7-       Quando você acompanhar o seu filho no consultório, procure não intervir na conversação entre o dentista e seu filho. Permita que seu filho se desenvolva sozinho, seguramente ele conseguirá. O dentista solicitará a sua cooperação quando for necessária.

 8-       Para obtermos sucesso no tratamento de seu filho precisamos da compreensão sua e de seu filho. Não interfira nas atitudes do dentista em relação ao seu filho, pois o dentista sabe como deve agir em situações onde há necessidade de orientar e impor limites para que se consiga realizar o tratamento. Caso não haja a colaboração dos pais e principalmente da criança o tratamento será interrompido. Nossa filosofia é realizar o tratamento de maneira adequada e tranquila, em nenhum momento será realizado o tratamento a força.

 9-       No Instituto Odontologico Toscano atendemos com hora marcada. Caso não puder comparecer avisar com antecedência, pois este horário poderá ser usado para atender outro paciente.

 10-    Traga seu filho a cada 06 meses para consultas de retorno, assim manteremos contato e você preservará a saúde bucal de seu filho.

 

Palavra chave: odontopediatria, Dra. Fernanda odontopediatra, odontopediatria em Joinville.




Fonte: Dra. Fernanda Raduenz.