Prevenção e Promoção de Saúde

Odontologia do Trabalho

voltar Lista

Absenteísmo de corpo presente

Postado por Ricardo Toscano em 10/01/2013 21:37:00


 
 
Medo de demissão, longas jornadas de trabalho, sobre carga de tarefas. No mercado atual de trabalho, em que as responsabilidades aumentam e os prazos diminuem, é cada vez mais comum que os profissionais sejam obrigados a lidar com essas questões diariamente. O resultado disso não pode ser outro além do estresse.¨Cerca de 70? população economicamente ativa no Brasil sofre de algum grau de estresse, sendo que, desses, 30% já estão no seu grau mais devastador, chamado de burnout¨, afirma a presidente da divisão nacional da internacional Stress Management Association (Isma-Br), Ana Rossi.
Apenas 5% das empresas oferecem um programa regular de gerenciamento de estresse aos funcionários. Ainda assim, segundo Ana Maria, menos de 1% tem um programa adequado, baseado na rotina e nos problemas enfrentados pelo funcionário. Por isso, não se deve esperar que sua empresa se preocupe e trate do seu estresse.
O mais importante é ter autoconhecimento, saber qual a sua capacidade e seu ível de tolerância às situações.¨É essencial saber a sua frequência cardiaca, pressâo arterial e como é a sua respiração, que é a medida mais importante em termos fisiológicos e emocionais¨, alerta Ana Maria.Segundo pesquisa realizada com mil profissionais de São Paulo e Porto Alegre, dos que sofrem de burnout, 94% sentem-se incapacitados para trabalhar, 89% praticam presenteismo (estão fisicamente presentes, mas totalmente dispersos), e 47% sofrem de depressão. Se esse é o caso, e preciso buscar ajuda o quanto antes. Mas cuidado: uma vez que a depressão é um elemento de destaque nesse quadro, é comum que o diagnóstico seja feito de forma equivocada.¨O tratamento com antidepressivos faz parte do processo, mas, sozinho, não resolve. É preciso também uma terapia cognitiva comportamental, para mudar ações e comportamentos¨, afirma a presidente da ISMA_BR.
 
Fonte: Isma (Internacional Stress management association).
Palavra chave: odontologia do trabalho, artigos cientificos odontologia do trabalho.




Fonte: msc, Ricardo Toscano.